Sobre Mim

Tecidos e linhas fazem parte da minha vida...



Nasci em 1969.


Ao longo da década de 70 a revolução feminina se ampliou... Mas durante esse tempo as imagens do “universo feminino”, ligado a uma postura intimista e voltado à família, ao lar e aos fazeres manuais, ainda estiveram fortemente presentes e povoaram minha infância.

Passava férias na casa de minha avó, que era costureira e que passava seus dias entre a mesa de corte e a máquina de costura. Eu, criança, desejava vestir minhas bonecas como ela, a avó, vestia as mulheres, suas clientes.

Em 1997 me graduei em Artes Plásticas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Em março de 1998 iniciei a atividade docente e, desde dezembro de 1999 atuo como professora, arte-educadora, na Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre.

Aquele “universo feminino” da minha infância jamais me abandonou. Tricotar, crochetar, fiar e tecer, costurar e bordar esteve por muito tempo paralelo ao desenhar e pintar.

A maternidade foi outra face deste universo, ainda mais forte e intensa. Meus filhos foram à materialização da feminilidade em mim.

Num dado momento, pintura e bordado estiveram juntos, sobre a mesma tela, mas havia algo de mágico que ficara perdido em algum lugar... Um objeto da infância, gerador de histórias... Um ser inanimado capaz de fazer viverem os sonhos, de tornar real um mundo de fantasias...

Os bonecos têm este poder. Ao tocá-los, vesti-los, animá-los, como que materializamos nossos sonhos. Criar bonecos, desenhar, modelar, cortar, costurar, pintar... É como gestar fantasia!

Em 2014 as crianças estavam crescendo, a escola nunca me saciara, e as bonecas não eram mais o suficiente... Tornei a dedicar algum tempo ao desenho e à pintura.

Estou novamente na busca que não se acaba por reunir tantas partes de mim.